CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Resenha: @mor by Daniel Glattauer


Quando Emmi Rothner manda um e-mail tentando cancelar a assinatura de uma revista para o endereço de Leo Leike damos início a um relacionamento virtual entre duas pessoas totalmente desconhecidas, mas que de alguma forma completam-se, que o destino ou o acaso fez se encontrarem *mesmo que por e-mail*.

Emmi tem o que podemos chamar de ‘vida perfeita’: casada com um bom homem, com dois enteados e um gato chamado Jukebox sente-se feliz e realizada pessoal e profissionalmente; Leo acaba de sair de um relacionamento conturbado e não sabe muito bem como lidar com isso; Emmi é espirituosa, sarcástica, jovem, bonita e amiga; Leo é inteligente, sensível, encantador e sincero; e é a partir de um e-mail enviado ao endereço errado que eles começam a conversar e encontram um no outro uma válvula de escape do mundo real, um amigo com quem desabafar e rir ou somente passar o tempo.

Leo e Emmi constroem uma relação de amizade ao longo do tempo, passam a conversar todo dia chegando ao ponto em que Leo é o primeiro a receber noticias de Emmi e o último a quem ela deseja ‘boa noite’ e vive e versa, passam a depender um do outro e esperar ansiosamente por um e-mail.

Aos poucos Leo e Emmi começam a questionar suas convicções e a curiosidade de se encontrarem e se conhecerem pessoalmente cresce a cada dia, mas junto com a curiosidade vem o medo e a insegurança do desapontamento e enquanto vamos avançando na leitura junto de Leo e Emmi formamos uma imagem e damos um rosto para cada um, sentimos suas emoções e inseguranças, compartilhamos da mesma curiosidade e nos apaixonamos junto com eles.

@mor é um livro leve, todo em formato de e-mails, de leitura fácil e cativante. Eu acho impossível não se identificar com Emmi e Leo e não torcer por eles, para que se encontrem e entendam finalmente seus sentimentos.

Daniel Glattauer escreveu um romance fofo, divertido, emocionante e atual que, em menos de 200 páginas, consegue nos transportar para uma montanha russa de emoções da qual não ousamos sair enquanto não chegamos a última página, para você ver como o livro é viciante e bom e encantador. E como sofremos com o final. Daniel foi CRUEL com aquele simples: ‘CONTINUA’. 

Eu fiquei com a última página aberta me perguntando ‘POR QUÊ? POR QUÊ? DANIEL COMO VOCE PODE TERMINAR O LIVRO ASSIM? NESTA PARTE E DESTA MANEIRA??’, gente a parte e o modo como termina é desesperador, é crueldade deixar o leitor se remoendo de curiosidade e ansiedade para saber o que vai acontecer depois no próximo livro que sai agora em agosto *se não me engano*, a boa notícia é que a Suma prometeu lançar a continuação ainda este ano e para o bem e felicidade geral dos leitores eu espero que a promessa seja cumprida porque OH MY GOD AQUELE FINAL FOI MUITO CRUEL E EU PRECISO DA CONTINUAÇÃO.

Se eu recomendo?? COM CERTEZA, mas saiba que eu avisei: o final é desesperador.

2 comentários:

Tyele

Vi várias resenhas desse livro e pelo jeito o livro é muito bom! ^^
Ainda não tenho e pretendo comprar quando puder kkkkk
Beijinhos

http://tyelehopes.blogspot.com.br/

Carol

Oi!

Primeira vez que estou passando pelo seu blog, e amei. Gostei muito dessa resenha, já vi tantos elogios sobre este livro, ainda tenho que ler.. hehe

Beijos,
Carol - http://www.hconcours.blogspot.com.br/

Postar um comentário