CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Resenha: A Esperança by Suzanne Collins


Ok, ok... Definitivamente eu não posso não consigo fazer uma resenha de ‘A Esperança’ que seja a altura do livro, não mesmo. Mas como eu estou desanimada para postar e escrever por aqui queria ao menos compartilhar com vocês o que eu senti lendo o livro, sem entregar NADA da história, ou seja, este post NÃO CONTÉM SPOILERS DO LIVRO.


Eu adiei ao máximo ler este livro porque eu não queria me sentir órfã, não queria dizer adeus a trilogia, não queria me despedir de Peeta e Katniss, não queria que a trilogia chegasse ao fim... Mas chegou e OMG foi tãaaaao P-E-R-F-E-I-T-O. Comecei minha leitura sem muitas expectativas devido ao grande número de resenhas negativas que li sobre o mesmo e estava meio receosa de não gostar do desfecho que a autora criou para a trilogia, mas ao contrário de muita gente eu AMEI o livro.

A Esperança tornou-se o meu livro favorito da trilogia e eu adorei cada capítulo, cada palavra, cada pedacinho do livro. Suzanne Collins nos descreve neste livro o desenrolar da guerra entre os distritos de Panem contra a Capital. A luta de Katniss contra o presidente Snow e a sua decisão entre Peeta ou Gale. E é somente isto que eu vou falar da história.

Collins desenvolveu uma trilogia maravilhosa e original, destacou-se pela narrativa rápida e cheia de acontecimentos a cada virada de página e neste livro não foi diferente. O livro me fez rir em certos momentos, me deixou apreensiva o tempo todo, com medo e me emocionou. Foi impossível não chorar ao final, pela tristeza da perda e pelo fim de uma trilogia épica que me conquistou e tronou-se favorita, Collins não teve medo de matar seus mocinhos e de nos mostrar que a guerra é cruel e nela há perdas de ambos os lados e que mesmo a mais inocente das criaturas não está a salvo da crueldade do ser humano em busca por poder.

Vou sentir falta de tantos personagens... Katniss, sempre forte e guerreira (a garota em chamas); Peeta, OMG o Peeta, eu amo este personagem e sofri muito com ele e por ele, Peeta é perfeito e OMG... só de lembrar tenho vontade de chorar; Gale, ok eu não consigo gostar dele (team Peeta FOREVER <3) e talvez seja porque ele não foi um personagem muito explorado, mas seu papel é fundamental no desenrolar da guerra; Finnick, que conquistou meu coração; Snow que sempre me deixava arrepiada com suas aparições, ele dá muito medo; Haymitch aquele amigo leal e que sempre me surpreendeu durante o decorrer da série; Prim e sua bondade; Cinna o melhor estilista de todos os tempos, corajoso e talentoso... e são tantos personagens importantes que eu já sinto uma tremenda falta deles.

Collins me surpreendeu e emocionou como poucos autores conseguem, o final é triste?! COM CERTEZA. Mas foi perfeito, não poderia ter sido melhor, foi autentico e real, não foi o ‘felizes para sempre’ a que estamos acostumados, mas foi perfeito, ao menos para mim.


A minha dica é: se você não leu A Esperança ainda leia com calma, degustando e digerindo cada acontecimento e não se deixe abater pelas resenhas negativas do livro porque ele é perfeito a sua maneira, não crie expectativas mirabolantes de um final SUPER HAPPY porque você não vai encontrar isso aqui, espere por um final ‘realista’, um final pós-guerra e eu tenho certeza que você vai amar. E se você ainda não leu Jogos Vorazes meu amigo você só pode estar dormindo, ACORDA E VAI LOGO LER porque você não sabe o que está perdendo. E para nós que terminamos a trilogia nos resta conferir os filmes e relembrar dos nossos personagens queridos nas telas do cinema. *Me sinto órfã*


Suzanne Collins obrigada por criar uma séria única e perfeita, obrigada por nos apresentar aos Jogos Vorazes e ao Peeta e a Katniss. Thank you so much Collins, I love ya and the world that you created. <3


2 comentários:

Henri B Neto

Eu também não entendi o número gigantesco de resenhas negativas que este livro recebeu... Não é um final ''perfeitinho'', mas era o mais correto com a série, e foi isto que me fez amar ainda mais a Suzanne.

Eu chorei bastante, do começo a fim. Eu senti como se a autora tivesse arrancado o meu coração do peito e o triturado no liquidificador. E, com certeza, este era o objetivo dela... Nos fazer ver o lado ruim e todas as perdas que uma guerra trás!

Henri B. Neto
''Na Minha Estante''

Maccky's Bookshelf

Exato, Collins escreveu um final perfeito para a serie. <3

Tive a mesma sensação, mas só consegui e me permiti chorar ao terminar de ler a ultima palavra do livro, ai foi PURA EMOÇÃO. Ai a ficha caiu e eu percebi que SIM Hunger Games chegou ao seu fim e eu amei. *-*

Bom saber que, assim como eu, mais alguém achou o final perfeito para a trilogia. =D

Beijocas ;*
Maccky | Maccky's Bookshelf

Postar um comentário